Natal(RN), Quinta-Feira, 31 de Julho de 2014

julho31

Aposentadoria de Joaquim Barbosa é publicada no Diário Oficial

A aposentadoria do ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa foi publicada nesta quinta-feira (31) no Diário Oficial da União. Em sua última sessão como presidente da Corte, no dia 1º de julho, Barbosa disse que deixava a Supremo de forma tranquila e com a "alma leve".

Em maio, ele anunciou que se aposentaria antecipadamente em julho, após 11 anos como ministro da Corte. Barbosa tem 59 anos e poderia continuar no tribunal até a aposentadoria compulsória, em 2024, quando completa 70 anos.

Ele foi o primeiro negro a presidir o STF e ocupou a presidência da Corte e do Conselho Nacional de Justiça desde novembro de 2012. O ministro foi indicado à Suprema Corte em 2003, no mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Amanhã (1º) ocorre a eleição do novo presidente do tribunal. Pela tradição do órgão, os ministros devem escolher o presidente interino e atual vice-presidente, Ricardo Lewandowski, por ser o integrante mais antigo que ainda não presidiu o colegiado. 


Curtir Twittar Promover
publicidade
DNA Center

julho31

Exame de sangue pode prever alteração química que leva ao suicídio

Um simples exame de sangue pode detectar uma alteração química em um único gene ligado a pensamentos e impulsos negativos, podendo prever o risco de tentativa de suicídio em determinadas pessoas.

A descoberta, descrita na versão on-line da “American Journal of Psychiatry”, sugere que mudanças no gene SKA2 têm um papel significativo na transformação do que de outra forma poderia ser uma reação banal à tensão da vida cotidiana, em pensamentos e comportamentos suicidas.

“O suicídio é um problema de saúde pública evitável, mas temos frustrado nossos esforços por não temos uma maneira consistente para prever quem está em risco de se matar” disse em nota o líder do estudo, Zachary Kaminsky, professor assistente da Escola de Medicina na Universidade Johns Hopkins. “Com um teste como o nosso, podemos conter as taxas de suicídio ao identificar essas pessoas e intervir a tempo de evitar uma catástrofe”, declarou.

Em uma série de experimentos com amostras de cérebros de pessoas com doenças mentais, Kaminsky e sua equipe descobriram que as pessoas que tinham se suicidado tinham níveis menores de SKA2. Estudos posteriores mostraram modificações que acrescentaram químicos dos grupos metila ao gene, aumentando o nível de metilação — alteração do funcionamento do gene SKA2 sem mudar a sequência de DNA.

METILAÇÃO NO GENE SKA2

Nos testes seguintes, os pesquisadores testaram amostras de sangue de 325 participantes e encontraram aumento de metilação semelhantes no gene SKA2 de indivíduos com pensamentos ou impulsos suicidas.

Baseado nessas descobertas, os pesquisadores desenharam um modelo de análise que prevê quais participantes estavam passando por um momento de pensamentos ou tentativas de suicídio com 80% de precisão.

O gene SKA2 fica no córtex pré-frontal, envolvido na inibição dos pensamentos negativos e no controle de comportamento impulsivo. Sem SKA2 suficiente ou alterado de alguma forma, o cérebro humando não é capaz de impedir a liberação de cortisol, o hormônio do estresse. E pesquisas anteriores mostram que a liberação de cortisol é anormal em pessoas que tentam ou conseguem tirar a própria vida.

Se confirmado em estudos maiores, este exame de sangue pode ajudar médicos a decidir prevenir as tragédias com hospitalização dos pacientes, monitoramento constante ou restrição de acesso a certos medicamentos. (O Globo)


Curtir Twittar Promover
publicidade
escola_escritorio

julho31

Hóspede pode escolher seu quarto de hotel pelo celular

Depois de lançar há cerca de cinco anos uma versão inicial de check-in digital, a rede de hotéis Hilton agora anuncia um aplicativo que permite ao hóspede controlar muitas outras etapas de sua estada — incluindo escolha do quarto, aquisição de upgrades, pedidos para entrega no quarto e check-out — usando smartphone, tablet ou computador.

Até o fim de 2014, o check-in digital e a seleção de quartos estarão disponíveis em mais de quatro mil unidades da rede Hilton — o que inclui 11 bandeiras em mais de 80 países, somando mais de 650 mil apartamentos.

Em 2012, a empresa lançou o Conrad Concierge, aplicativo que permitia aos hóspedes customizar sua experiência de hospedagem usando tablets e smartphones. Segundo os planos da corporação, o check-out digital, atualmente disponível apenas nos hotéis do grupo nos Estados Unidos, será ampliado globalmente até o fim de 2016. E a partir de 2015, a Hilton se compromete a tornar possível o uso de smartphones como chave do quarto, começando por hotéis em quatro de suas bandeiras nos EUA, até que em 2016, a maioria dos quartos da rede esteja equipada com esse dispositivo.

Passamos os últimos anos testando opções para tornar esta visão uma realidade, e estamos desenvolvendo uma tecnologia segura e confiável para que os hóspedes possam usá-la e com boa relação custo-benefício para os hotéis, diz Christopher J. Nassetta, presidente e principal executivo (CEO) da Hilton Worldwide.


Curtir Twittar Promover
publicidade
Pet Stop

julho31

Senado no Rio: Ibope aponta Romário na liderança, com 24% das intenções de voto

A pesquisa IBOPE divulgada nesta quarta-feira aponta o deputado federal Romário (PSB) liderando nas intenções de voto ao Senado do Rio, com 24%. O vereador Cesar Maia (DEM) está em segundo lugar, com 17%. Votos em branco ou nulo somam 24%, e não sabem ou não responderam, 18%. A margem de erro na pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Eduardo Serra (PCB) está em terceiro lugar com 7%. Carlos Lupi (PDT) e Pedro Rosa (PSOL) estão com 3% das intenções de voto cada. A candidata Liliam Sá (PROS) ficaria com 2% dos votos se as eleições fossem hoje; e Diplomata Sebastião Neves (PRB) e Heitor Fernandes (PSTU) pontuariam com 1% cada.

O Ibope entrevistou 1.204 eleitores em 37 municípios fluminenses, nos dias 26, 27 e 28 de julho. A pesquisa está registrada no TRE com o número 00271/2014. (O Globo)


Curtir Twittar Promover
publicidade
Agronorte

julho31

Dilma sanciona lei que cria regras para convênios com ONGs

O projeto de lei que cria um novo marco regulatório para as organizações não governamentais (ONGs) foi sancionado hoje (31) pela presidente Dilma Rousseff. A lei estabelece normas para as parcerias voluntárias da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios com as organizações e estabelece regras para evitar o favorecimento de grupos específicos e a escolha de entidades sem preparo técnico ou estrutura para o cumprimento dos projetos. 

Pela proposta, as ONGs terão que participar de processo seletivo (chamada pública) inscrevendo seus projetos para serem selecionados, pondo fim a uma das principais polêmicas referentes às parcerias, a forma de seleção. Terão ainda que cumprir uma série de requisitos para fazer parcerias com os governos. Entre as exigências para firmar os contratos estão: existir há, no mínimo, três anos; ter experiência prévia na realização do objeto do convênio; e ter capacidade técnica e operacional para desenvolver as atividades propostas.

A presidente Dilma Rousseff disse que a democracia se fortalece quando se abre para a participação social e destacou que a criação de regras claras vai permitir o reconhecimento por parte do Estado da relevância e importância dessas instituições. “A legislação cria um ambiente muito mais adequado para a atuação das organizações da sociedade civil e reconhece nelas parceiras fundamentais do Estado na implementação de políticas em favor dos nossos cidadãos”.

O novo texto traz também a exigência da ficha limpa tanto para as organizações quanto para os seus dirigentes. Passa a ser lei nacional a determinação de que as organizações e os dirigentes que tenham praticados crimes e outros atos de violação aos princípios e diretrizes ficam impedidos de celebrar novas parcerias. A medida vinha sendo aplicada nas parcerias firmadas pelo Poder Executivo Federal desde 2011.

Além disso, a norma prevê regras mais rígidas no planejamento prévio dos órgãos públicos, no monitoramento e na avaliação, e um sistema de prestação de contas diferenciado por volume de recursos.

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, citou o caráter suprapartidário das discussões no Congresso Nacional em torno do aprimoramento do projeto. Ele destacou entre a colaboração de diversos parlamentares como a do senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) e do deputado federal licenciado para concorrer ao governo do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), ambos da oposição.

A Casa Civil não informou se houve vetos da presidente ao texto que será publicado na edição de amanhã (1°) do Diário Oficial da União.


Curtir Twittar Promover

julho31

Governo do RN adia pagamento de mais de 9 mil servidores

O Governo do Estado deixará para o dia 8 de agosto, o pagamento de salários de 9.377 servidores ativos e inativos (9% da folha de pessoal) que recebem acima de R$ 2 mil líquidos. Até o mês passado, o Executivo pagava no último dia do mês os salários de servidores lotados nos chamados serviços essenciais, além de salários até R$ 5 mil líquidos. A redução deste teto para até R$ 2 mil amplia em mais de 6 mil o número de trabalhadores que terão os vencimentos creditados fora do mês e acentua a crise nas finanças públicas. 

Hoje, dia 31, está garantido o pagamento de 93.464 servidores da Educação, Saúde e Segurança e na administração indireta, dos trabalhadores do Detran, Idema, DEI, Jucern e Ipem - independente do valor. O fracionamento da folha do funcionalismo público em duas datas tornou-se prática do Executivo, desde setembro do ano passado.

O desequilíbrio nas contas públicas acelerou-se este mês com a queda na receita do Estado estimada em cerca de R$ 50 milhões, explica secretário Estadual de Planejamento Obery Rodrigues. O Fundo de Participação do Estado (FPE) caiu mais de R$ 20 milhões e a frustração na arrecadação de ICMS, ocorreu “de forma atípica neste mês de julho, em torno de R$ 30 milhões”, observa Rodrigues. A receita do FPE sofreu frustração de 8,5%, no primeiro semestre de 2014 em relação a previsão no Tesouro Nacional para o Orçamento do Estado – mais de R$ 150 milhões.

Enquanto registra redução na transferência de recursos, o Governo vê os gastos com a folha de pessoal dispararem no mesmo período. O crescimento no principal item de despesa do Estado, pontua o secretário de planejamento Obery Rodrigues, se deve a contratações e reajustes salariais. A Polícia Civil e a Secretaria de Saúde Pública (Sesap) estão convocando pessoal, sendo que, nesta última pasta, são 700 novos servidores.

Além disso, há reajustes com o pagamento dos 60% pendentes do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) de aproximadamente 16 mil servidores diretos em folha suplementar no mês de julho. O impacto na folha é estimado em cerca de R$ 8 milhões e deverá atender a funcionários de dez secretarias.

“Houve queda na receita em cerca de R$ 50 milhões e a folha teve um aumento exagerado. Não há solução sem conter despesas com pessoal e repasses. Sem isso a situação se torna crítica. O Estado já vem cortando no custeio, mas precisa manter os serviços”, frisa Obery Rodrigues.

Redução no ICMS

Até quarta-feira, dia 30, a arrecadação de ICMS somava a R$ 357 milhões, segundo dados da Secretaria Estadual de Tributação, cuja meta estabelecida para julho era recolher R$ 394 milhões em imposto de circulação de mercadorias e serviços. A queda, analisa o secretário de Tributação do Estado, José Airton, contraria as previsões que, historicamente, crescem no segundo semestre. Para este mês, era esperado um incremento de 5% em relação ao mesmo período do ano passado. “Em vez disso, houve estagnação”, disse. Os números, contudo não estão fechados, e há perspectivas de mais R$ 20 milhões até o fechamento do balanço.

Além da conjuntura macroeconômica que põe um freio no consumo, o baixo desempenho na arrecadação de ICMS, explica José Airton, é reflexo também do pagamento parcelado da primeira parcela do décimo terceiro salário. “É um comportamento anormal para este período devido a retração da economia. Sem vendas, sem dinheiro circulando não se recolhe o ICMS”, analisa José Airton. As vendas dos Dia dos pais e o pagamento da segunda parcela do adiantamento do 13º, em agosto, poderão estabilizar a arrecadação do ICMS. (Tribuna do Norte)


Curtir Twittar Promover

julho31

Mais de 70% dos policiais são a favor da desmilitarização, aponta pesquisa

Uma pesquisa, divulgada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, aponta que 73,7% dos policiais brasileiros são a favor da desvinculação do Exército. Entre os policiais militares, 76,1% responderam ser favoráveis à desmilitarização e 93,6% acreditam que é preciso modernizar os regimentos e códigos disciplinares.

Quando questionados sobre a regulamentação do direito à sindicalização e de greve, 86,7% dos entrevistados se dizem favoráveis. Para 87,3%, o foco de trabalho da Polícia Militar (PM) deveria ser reorientado para proteção dos direitos da cidadania. Os dados indicam ainda que 66,2% dos cerca de 21 mil entrevistados acreditam que as carreiras policiais não são adequadas da maneira como estão organizadas; 80,9% acreditam que as polícias deveriam ser organizadas em carreira única, com ingresso por meio de concurso público, 58,3% acreditam que a hierarquia nas polícias provoca desrespeito e injustiças profissionais e 86,2% afirmam que a gestão deve ser mais eficiente.

De acordo com a pesquisa, 65,9% disseram ter sofrido discriminação por serem policiais e 59,6% afirmaram já ter sido humilhados ou desrespeitados por superiores. Outro dado mostra que 43,2% acham que policial que mata um criminoso deve ser premiado e inocentado pela Justiça e 83,7% afirmaram que um policial que mata suspeito deve ser investigado e julgado.

Entre as dificuldades no trabalho, 99% apontam os baixos salários, 98,2% o treinamento e formação deficientes, 97,3% o contingente policial insuficiente e a falta de verbas para equipamentos e armas. Foram citadas ainda as leis penais inadequadas (94,9%) e a corrupção nas polícias (93,6%).

O coordenador do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Renato Sérgio de Lima, explicou que muitas vezes se confunde a PM com polícia militarizada. “Os policiais disseram que isso é importante para o trabalho da polícia, que é preciso ter regras, estar parametrizado sobre o que podem ou não fazer. Eles querem autonomia, mas é preciso modernizar o regulamento para que eles também tenham seus direitos preservados”.

O professor de direito constitucional da Fundação Getulio Vargas, Oscar Vilhena Vieira, lembrou que há várias definições do que significa desmilitarização. “Não estamos dizendo que tem que ter uma polícia sem hierarquia. Ela tem que ser hierarquizada, uniformizada, e tem que ter um código disciplinar adequado e compatível com os padrões democráticos que hoje existem. A desvinculação é das Forças Armadas e não do Estado”.

Para a secretária nacional de Segurança Pública, Regina Miki, nem sempre o que o policial quer dizer sobre o termo desmilitarização contemplará o que a sociedade espera disso, por isso o debate tem que ser muito benfeito. “Talvez, tenhamos mudanças internas na polícia e a sociedade não fique contente. Os policiais de base e a cúpula certamente enxergam de forma distinta a desmilitarização por diversas razões. Certamente, até mesmo nas corporações não têm consenso”.

A pesquisa ouviu 21.101 policiais militares, civis, federais, rodoviários federais, bombeiros e peritos criminais em todos os estados, de 30 de junho a 18 de julho. (Agência Brasil)


Curtir Twittar Promover

julho30

TIM renova contrato de patrocínio com os clubes baianos

A TIM estará ao lado dos torcedores rubro-negros e tricolores da Bahia por mais dois anos. A operadora, pioneira no patrocínio com a logo no número da camisa dos jogadores, oficializa a renovação do patrocínio ao Esporte Clube Bahia e Esporte Clube Vitória.

Com o novo contrato, a empresa mantém a sua atuação junto aos clubes,estampando a logo no número dos uniformes, no backdrop e em placas de publicidade, entre outras ações desenvolvidas pela companhia durante os jogos.

A continuidade da parceria também é vista com satisfação por parte dos dirigentes dos times. 


Curtir Twittar Promover

julho30

Aécio Neves propõe reduzir pela metade número de ministérios

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, disse hoje (30), em entrevista coletiva, que, se for eleito, reduzirá pela metade o número de ministérios em seu governo e extinguirá pelo menos um terço dos cargos comissionados existentes hoje. Segundo ele, isso não significa que todas as áreas atendidas pelos 39 ministérios atuais não sejam importantes, mas sim que precisam ser “desburocratizadas”.

“Existe um grupo trabalhando no redesenho do Estado brasileiro, comandado por aquele que eu considero o mais eficiente gestor público, o ex-governador de Minas Gerais Antonio Anastasia. Estamos conversando para redesenhar o Estado brasileiro”, disse o candidato, sem antecipar quais ministérios serão cortados. 

Segundo Aécio, pelo menos um terço dos ministérios pode ser extinto “imediatamente”, de modo a reduzir “o gigantismo do Estado” e melhorar a gestão pública. Além disso, ele disse que, nas áreas em que for possível, vai estabelecer regime de metas aos funcionários públicos para estimular a melhor prestação de serviços públicos. “O meu governo será o da meritocracia e da eficiência.”


Curtir Twittar Promover

julho30

Vida útil de baterias de smartphones pode ser triplicada

Pesquisadores da Universidade Stanford acreditam que podem triplicar a vida útil da bateria de smartphones e tablets. Entretanto, o resultado do estudo pode levar alguns anos até se converter em produtos para o consumidor final. 

A pesquisa publicada no jornal científico Nature Nanotechnology detalha como a equipe de pesquisadores criou uma forma de usar lítio no anódo da bateria, em vez de somente no eletrólito. O desafio era deixar a bateria estável, algo que foi resolvido com uma pequena proteção de carbono, com apenas 20 nanômetros, ao redor do anódo.

Segundo o Phys.org, para efeito de comparação, seriam necessárias 5.000 camadas empilhadas para que a espessura fosse igual à de um fio de cabelo humano.

Como indica o Gizmodo, as baterias têm três partes básicas: um eletrólito para fornecer elétrons, um anódo para descarregá-los, e um cátodo para recebê-los. O lítio só está presente no eletrólito das baterias e não sobre o eletrodo, uma vez que, durante o carregamento, os íons de lítio no anódo e no cátodo expandem-se dramaticamente, fazendo com que os eletrodos se quebrem, dessa forma, tornando o componente instável.

As implicações desta descoberta não se limitam aos seus dispositivos móveis, mas chegam até mesmo aos carros. "Você pode ser capaz de criar um telefone celular com o dobro ou o triplo da vida útil da bateria ou um carro elétrico com um alcance de 300 milhas que seja vendido por apenas US$ 25 mil", explica Guangyuan Zheng, um dos pesquisadores.

Para que essa tecnologia seja viável em termos comerciais, é necessário que ela tenha eficiência de 99,9% ou mais. Outros projetos semelhantes tinham 96% e a eficiência caía para 50% após 50 ciclos de recarga. O projeto dos pesquisadores de Stanford atingiu a marca de 99% e conseguiu manter a carga mesmo após 150 ciclos. (INFO)


Curtir Twittar Promover
publicidade
DNA Center

julho30

Cinco dicas para uma estratégia de redes sociais bem sucedida

Respondido por Eric Santos, especialista em marketing digital

Se você acredita que alcançar milhares de fãs, curtidas e seguidores nas mídias sociais é sinônimo de sucesso, é melhor mudar seus conceitos sobre o que é uma estratégia bem sucedida nesses canais, em especial para PMEs.

Números imponentes impressionam, mas podem enganar: nem sempre contribuem para o que importa de fato e, ao final, você prefere focar em seguidores ou em vendas? Para ajudar a desmitificar o tema, trouxe cinco sugestões para nortear um uso efetivo de mídias sociais:

1 - Esteja onde seu público está

Parece óbvio, mas muitos pulam esssa etapa. Não adianta estar no Facebook, Youtube, Twitter e Instagram apenas porque são as redes do momento e que todo mundo comenta. Se você já sabe quem são as personas do seu negócio, descubra quais canais elas usam. Converse com seus clientes e potenciais clientes para conseguir essas informações. Esse esforço inicial evita trabalho jogado fora e garante alcançar exatamente quem você quer.

2 - Tenha em mente uma palavra: resultado

É legal receber curtidas, retuites e compartilhamentos, mas essas ações precisam trazer retorno para a sua empresa. Estruture suas mídias para que sejam canais de entrada para o seu site e blog, e que gerem Leads e vendas.

Publicações para posts no blog da empresa e divulgação de ofertas atrativas (como eBooks e webinars) em páginas de conversão são boas opções para atrair o público e gerar uma ação desejada. Vá além das imagens bonitinhas de “Bom dia” que podem ganhar vários Likes, mas pouquíssimo resultado concreto de negócio.

3 - Mantenha consistência no conteúdo

Seus seguidores assinam esses canais porque têm expectativas com o conteúdo que vão receber por ali. Por isso, é importante oferecer sempre conteúdo relevante, de qualidade e, principalmente, relacionado ao seu negócio.

Mas atenção: é preciso publicar sobre o que o usuário quer ouvir e não sobre o que a empresa quer falar. Forçar a barra e ficar só tentando vender seus produtos/serviços por esse canal tende a não funcionar.

4 - Tenha alguém responsável pelas mídias sociais

Para garantir a qualidade é preciso que haja um responsável por ser o dono dos canais da empresa. Essa pessoa fará com que as boas práticas sejam cumpridas, como por exemplo frequência, qualidade do conteúdo, além de responder de forma rápida e efetiva qualquer interação dos usuários.

5 - A última dica que deixo é o uso de mídia paga

Seviços como Facebook Ads e LinkedIn Ads podem ajudar a impactar um público maior, em especial naquelas publicações com objetivos de retorno bem definidos de Leads ou vendas.

Com essas dicas você justifica os investimentos nas mídias sociais e escapa da armadilha das métricas de vaidade.

Eric Santos é especialista em marketing digital e CEO da Resultados Digitais 


Curtir Twittar Promover
publicidade
escola_escritorio

julho30

Inscrições para a 43ª Expoinel estão abertas

A inscrição para a 43ª Expoinel, organizada pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), começou no dia 28 de julho, e vai até o dia 19 de setembro. A participação é obrigatória para criadores e expositores que disputam o Ranking Nacional. O evento será no Parque Fernando Costa, em Uberaba (MG).

A entrada dos animais no local da Expoinel será entre os dias 15 e 19 de setembro, com a distribuição dos animais para seus respectivos pavilhões. A expectativa neste ano é que aproximadamente mil animais participem da exposição. O evento conta com o apoio da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ).

O valor das argolas é o mesmo de 2013: inscritos até 31 de agosto, os sócios da ACNB pagarão R$ 250,00 por animal; para os não sócios ou inadimplentes, o valor será R$ 300,00. Após 31 de agosto, sócios pagam R$ 300,00 e os demais R$ 350,00 por animal. Para as inscrições feitas até o dia 15 de agosto, o pagamento pode ser feito em duas parcelas.

A data base da exposição, quando serão realizados a pesagem e o diagnóstico de gestação das fêmeas, será no dia 19 de setembro. O julgamento ocorre entre os dias 21 e 28 de setembro para Nelore e de 26 a 28 de setembro pra o Nelore Mocho. A avaliação será conduzida pelos jurados do colegiado da ABCZ e ACNB.

A 43ª Expoinel terá com 12 leilões oficiais, sendo eles: Leilão Taj Mahal, 11º Leilão Alianças e Convidados, Leilão Elite Nelore Colorado - edição Expoinel 2014, Leilão Perboni e Convidados, Leilão Virtual Nova Geração Sabiá, Leilão Lírio do Vale & Convidados, Leilão Pérolas do Nelore, Leilão Liquidação Elite Pinguim, Leilão Terras do Nelore 2014, Leilão Joias da Raça, 5º Leilão Prenhezes EAO & Guadalupe e Leilão Matrizes Brumado. (ACNB)


Curtir Twittar Promover
publicidade
Pet Stop

julho30

Expofruit 2014

Mais de 80% dos estandes da EXPOFRUIT 2014 - Feira Internacional da Fruticultura Tropical Irrigada já foram vendidos. Os estandes serão utilizados para a exposição de produtos, insumos e serviços.

A feira que será realizada de 24 a 26 de setembro, no Expocenter/UFERSA, em Mossoró, acontece num espaço de distribuídos em 15 mil m2. Cada stand, com 12 m2, está sendo vendido por R$ 2,5 mil. 

A Expofruit 2014 terá como tema “Venha conhecer o precioso sabor da nossa região”, a expectativa de movimentar R$ 20 milhões e de receber um público de 30 mil pessoas nos três dias da feira. A 17ª da feira apresenta algumas novidades, dentre elas a homenagem a um mercado importador a cada edição, que este ano será os Estados Unidos, mercado em crescimento e considerado essencial para os fruticultores locais.

A programação já está sendo fechada e já conta com as seguintes atrações: Encontro da Equipe Técnica do Projeto Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (Projeto PAIS), Encontro do Comitê Gestor de Cajucultura, Fórum Internacional da Fruticultura, Encontro da Agricultura Familiar, Apresentação de Trabalhos Científicos (Resumos), Clínicas Tecnológicas (unidades demonstrativas), Rodada de negócios Nacional e Internacional, Central de Negócios, Degustação de Frutas, Caravanas de produtores, Agro Sabor, Unidade Móvel da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – EMBRAPA.

A Expofruit 2014 é realizada por meio de uma parceria entre o Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte (COEX), o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Norte (Sebrae/RN) e a Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA).  


Curtir Twittar Promover
publicidade
Agronorte

julho29

Dez desafios para o agronegócio brasileiro

Durante o seminário “Biotecnologia e Inovação”, organizado pelo jornal Valor Econômico, em São Paulo, Maurício Antônio Lopes, presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) apontou os desafios que o agronegócio brasileiro precisa superar nos próximos anos.

De acordo com ele, ser capaz de prever o futuro por meio do uso de novas tecnologias é o caminho para tomar decisões mais acertadas. “A biotecnologia encontrou terreno fértil no Brasil, quando o país fez a opção por um modelo de desenvolvimento agrícola baseado na ciência”.

Para o presidente da Embrapa, a agricultura deixou de ser apenas uma fonte de alimentos para se ramificar em múltiplas atividades. “Reconhecer essa multifuncionalidade e enfrentar aparentes obstáculos como oportunidades de crescimento é o que vai fazer a diferença no futuro.”

Saiba agora quais os itens que, segundo ele, devem estar na lista de prioridades do agronegócio brasileiro como desafios a serem superados com ajuda da tecnologia:

1) Estresses hídricos

De acordo com dados da Organização Nacional das Nações Unidas (ONU), 70% da água do planeta é destinada à irrigação agrícola. Sendo o recurso natural indispensável para a manutenção das lavouras. “Diante dessa dependência, contribuir para a prevenção de crises hídricas é algo que deve fazer parte da rotina do produtor”, diz Lopes. Além do uso consciente de água, ele recomenda a opção por Sistemas de Plantio Direto, que aumentam a infiltração de água no solo e reabastecem os lençóis freáticos.

2) Mudanças climáticas

Para acompanhar a instabilidade do clima, o presidente da Embrapa aconselha o uso de ferramentas para diminuir perdas na lavoura. Saber que vai haver uma geada ou um período prolongado de seca é fundamental no cenário em que vivemos hoje. Serviços de meteorologia e a agricultura de precisão são tecnologias chave para o produtor não ficar refém das adversidades climáticas.

3) Emissões na agropecuária

“Ao lado da necessidade de abastecer a população mundial e atender sua demanda por alimento, está o compromisso de praticar ações sustentáveis”, diz Lopes. Para ele, nesse contexto, descarbonizar a produção agrícola passou a ser ainda mais importante.

4) Desperdício de alimentos

Durante sua palestra, Lopes também frisou que, segundo a FAO, 30% dos alimentos produzidos anualmente no mundo são desperdiçados. Segundo ele, solucionar esse gargalo também é papel do setor agrícola, responsável pela produção, transporte e comércio de alimentos.

5) Mão de obra no campo

“Hoje, o Brasil também lida com a falta de mão de obra no campo e com a necessidade de mecanizar as lavouras. Precisamos tornar o trabalho rural atrativo para os jovens e capacitá-los para exercer funções técnicas”, argumenta.

6) Nutrição e saúde

Frente o problema da subnutrição e da obesidade, a alimentação como forma de prevenir doenças também tem estado em pauta. “Nesse sentido, cabe ao setor agrícola apoiar políticas públicas pelo consumo de alimentos saudáveis e de qualidade”, diz.

7) Segurança biológica

Em um mundo em que o mercado de importações e exportações se tornou realidade, a preocupação com a biossegurança é inevitável. “Daí a necessidade de estarmos a par das leis do país e investir no controle de pragas e contaminantes”, afirma o presidente da Embrapa.

8) Energia

No caso do agronegócio, a produção de energia é um mercado com amplas possibilidades e que precisa receber a devida atenção. “As oportunidades vão desde a produção de biocombustíveis até a obtenção de energias limpas, como a biomassa”.

9) Preocupação social

Mais do que um provedor de alimentos para a cidade, o campo é a casa de milhares de brasileiros. “Sendo que nosso objetivo deve ser sempre proporcionar qualidade de vida para essas pessoas e lutar por sua inclusão social”, lembra Lopes.

10) Turismo rural

Comparando o potencial brasileiro ao de países europeus, o presidente da Embrapa também destacou a possibilidade de aumentar investimentos no turismo rural que, segundo ele, ainda é subaproveitado no país. 

Fonte: Globo Rural


Curtir Twittar Promover

julho29

Obama anuncia novas sanções à Rússia

O presidente norte-americano, Barack Obama, anunciou hoje (29) que os Estados Unidos vão impor novas sanções à Rússia nos setores de energia, finanças e de armamento por instigar a violência separatista no Leste da Ucrânia.

“Hoje, estendendo o âmbito das medidas que anunciamos há duas semanas, os Estados Unidos impõem novas sanções em setores fundamentais para a economia da Rússia: energia, armamento e finanças”, indicou o chefe de Estado norte-americano. 

“Vamos bloquear as exportações de bens e tecnologias específicos ao setor da energia russo e vamos alargar as nossas sanções a mais bancos russos e empresas da área da defesa”, completou. Além disso, acrescentou, que irá suspender formalmente créditos e financiamentos para projetos de desenvolvimento econômico na Rússia.

Obama negou que o Ocidente esteja sendo levado a “uma nova Guerra Fria” com o seu ex-adversário soviético, mas advertiu que os Estados Unidos e a Europa estão perdendo a paciência com o governo do presidente russo, Vladimir Putin. Ele disse ainda que as sanções anunciadas hoje continuarão a aumentar a pressão sobre a Rússia, “incluindo os amigos e as empresas que apoiam as atividades ilegais da Rússia na Ucrânia”.

A nova decisão de Washington ocorre um dia depois da conversa que o presidente norte-americano manteve com a chanceler alemã, Angela Merkel; o presidente francês, François Hollande; e os primeiros-ministros britânico, David Cameron; e italiano, Matteo Renzi, para coordenar com eles a possibilidade de decretar novas sanções setoriais à Rússia.

Segundo os Estados Unidos, a Rússia aumentou a presença militar na fronteira com a Ucrânia e continua a fornecer armamento pesado aos rebeldes separatistas pró-russos. (Agência Lusa)
 


Curtir Twittar Promover

julho29

Ministério Público apura denúncia de venda de liminares por juiz de Ceará-Mirim

O Ministério Público do Rio Grande do Norte está apurando uma denúncia sobre um esquema de decisões liminares judiciais em que há um pedido de gratificação feita pelo juiz da 1ª Vara Cível de Ceará-Mirim, José Dantas de Lira. Na manhã desta terça-feira, o MPRN, através do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECCO) e Polícia Militar, deflagrou uma operação de busca e apreensão em três municípios da região metropolitana: Parnamirim, Ceará-Mirim e Natal.

De acordo com o MPRN, há indícios de que o juiz atuava com mais quatro pessoas em um esquema de corrupção. Segundo a denúncia, feita por uma pessoa participante do esquema, ele concede liminares para abertura de crédito consignado em troca de favorecimento de dinheiro. O pagamento variava de valores, podendo ficar entre R$ 3 mil a R$ 7 mil.

Os envolvidos foram identificados como os advogados José Dantas de Lira Júnior, filho do juiz, e Ivan Holanda Pereira, além do corretor de empréstimo Paulo Ayres Pessoa e um servidor judicial que não teve o nome divulgado. 

As buscas foram autorizadas pelo desembargador Cláudio Santos. Na ação, realizada em casas e locais de trabalho dos denunciados, foram apreendidos documentos, pendrives, computadores.

O juiz foi afastado do cargo. Caso as denúncias sejam confirmadas, os suspeitos podem ser enquadrados pelos crimes de corrupção, falsidade ideológica e formação de quadrilha. (TN Online)


Curtir Twittar Promover

julho29

Plano de Aviação Regional prevê investimentos em 270 aeroportos

A Secretaria de Aviação Civil (SAC) contabiliza, em três anos e meio, R$ 401,6 milhões em investimentos feitos em 40 aeroportos regionais. Outros R$ 378 milhões estão sendo executados no âmbito do Plano de Aviação Regional, que prevê melhorias em 270 aeroportos regionais brasileiros.

Os investimentos e as renúncias fiscais decorrentes dos subsídios que o governo vai oferecer serão regulamentados após a publicação de um decreto que vai detalhar a Medida Provisória 652 publicada ontem (28), que cria o Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional. O governo prevê, no primeiro ano, renúncia da ordem de R$ 1 bilhão em subsídios e R$ 7,2 bilhões em investimentos, vindos do Fundo Nacional de Aviação Civil.

Para terem acesso às vantagens que o programa oferece, as empresas terão de aderir ao programa.

De acordo com a Secretaria de Aviação Civil, 33 carros contra incêndio já foram entregues aos aeroportos regionais. 


Curtir Twittar Promover

julho29

Brasil lidera ranking de cirurgias plásticas no mundo

Pela primeira vez, o Brasil supera os EUA como o país com o maior número de cirurgias plásticas para fins estéticos no mundo. 

Em 2013, mais de 23 milhões de intervenções em todo o planeta foram realizadas, segundo um novo estudo publicado hoje pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética, que reúne 2,7 mil membros em 95 países.

No momento em que a entidade se prepara para seu 22º Congresso, justamente no Rio de Janeiro em setembro, o novo informe revela que o Brasil é o novo centro das atividades estéticas no mundo.

No total, foram 1,49 milhão de cirurgias no ano passado no País, quase 13% do total mundial. Nos EUA, o total chegou a 1,45 milhão, contra 486 mil no México, que ocupa um distante terceiro lugar.

O aumento de seios é a cirurgia mais popular no mundo, com 1,7 milhão de casos em 2013 e representando 15% de todas as intervenções. Nos EUA, foram 313 mil cirurgias desse tipo, contra 226 mil no Brasil.

No que se refere à cirurgia de nariz, porém, o Brasil é o primeiro colocado, com 77,2 mil casos em 2013. O México vem em segundo lugar, seguido pelos EUA, México e Irã.

O Brasil também lidera nas cirurgias de abdômen. Foram 129 mil intervenções, 15% de tudo o que é realizado no mundo. Em segundo lugar vem os EUA, com 119 mil casos.

O Brasil ainda ocupa o segundo no número de cirurgias de liposucção, reduzindo a acumulação de gordura. Foram 227 mil intervenções, contra 235 mil nos EUA.

Contando os procedimentos não-cirúrgicos, como o Botox, os americanos ainda lideram o ranking mundial de ações estéticas, com 3,9 milhões de intervenções, contra 2,1 milhões no Brasil.

O País é também o segundo lugar do mundo com o maior número de cirurgiões plásticos, superado apenas pelos EUA.

As mulheres são as que mais recorrer às operações estéticas, com 9,9 milhões de casos em 2013, 85% do total. Mas mais de 1,6 milhão de homens também passaram por cirurgias no ano passado. (Estadão)


Curtir Twittar Promover

julho29

Número de jovens cai e de idosos aumenta nas eleições deste ano

Apesar de o eleitorado brasileiro ter crescido 5,17% nos últimos quatro anos, a participação dos jovens aptos a votar em 2014 será menor do que em 2010, informou hoje (29) o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Enquanto no último pleito geral os eleitores com 16 anos eram 900.807 (0,66%), no dia 5 de outubro, eles serão 480.044 (0,34%), uma redução de 420 mil eleitores. 

Já o percentual de idosos aptos a votar cresceu no mesmo período. Em 2010, os eleitores com 60 anos ou mais eram 20.769.458 (15,29%). Este ano, 24.297.096 (17,01%) idosos estão em condições de votar.

Na faixa etária até 17 anos também houve redução do número de pessoas aptas a votar. Em 2010, 1.490.545 estavam aptas a participar das eleições. Este ano, 1.158.707 poderão votar – diferença de 331.838 eleitores.

Para o presidente do TSE, ministro Dias Tofolli, essa redução se deve, entre outros pontos, ao envelhecimento da população. Perguntado sobre a possibilidade de um desinteresse do eleitorado mais jovem em relação à política, o ministro disse que essa análise não é da responsabilidade do tribunal. “Isso quem tem responder são os pesquisadores e a imprensa”, limitou-se.

De acordo com o tribunal, o maior percentual de eleitores está na faixa etária de 25 a 34 anos. Ao todo, eles são 33.268.757 (23,29%). Em 2010, os eleitores nessa faixa etária eram 32.790.487 (24,15%). Os eleitores com idade entre 45 a 59 anos são 33.790.849 (23,66%). Nas ultimas eleições gerais, eles eram 30.753.427 (22,65%).


Curtir Twittar Promover
publicidade
DNA Center

julho29

Aumenta em 7 milhões número de eleitores brasileiros

O eleitorado brasileiro cresceu 5,17% nos últimos quatro anos, saltando de 135.804.433 votantes, em 2010, para 142.822.046 eleitores, divulgou hoje (29) o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A Região Sudeste concentra o maior número de pessoas aptas a votar, 62.042.794 (43,44%), seguida do Nordeste, 38.269.533 (26,80%), Sul, 21.117.307 (14,79%), Norte, 10.801.178 (7,57) e Centro-Oeste, 10.238.058 (7,17).

Com 898 eleitores, a cidade de Araguainha (MT) é o menor colégio eleitoral do país, de acordo com TSE. Já São Paulo, com 8.782.406 eleitores, é o maior colégio eleitoral municipal. No pleito de 2014, os eleitores residentes no exterior somam 354.184, 0,25% do total do país. Em relação à disputa de 2010, houve um crescimento expressivo, de 76,75% do total de votantes fora do Brasil. Esses eleitores estão em 118 países – quase a metade, nos Estados Unidos.

Para o presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, o crescimento de votantes fora do Brasil cresceu devido à maior divulgação e à abertura de consulados brasileiros. “Penso que houve maior divulgação dessa possiblidade de voto no exterior e um aprimoramento da relação com o Itamaraty, facilitando e ampliado o acesso de brasileiros no exterior aos nossos consulados. Também houve um incremento grande do número de consulados nos países com que o Brasil tem relações diplomáticas.”

Segundo o TSE, a maioria do eleitorado brasileiro é formada por mulheres, com 74.459,424 (52,13%), enquanto os homens somam 68.247,598 (47,79%). Em 2010, as mulheres eram 70.252.943 (51.82%) e os homens, 65.282,009 (48,07%). 


Curtir Twittar Promover
publicidade
escola_escritorio

julho29

Ambev terá nova fábrica na Bahia e investirá R$ 800 milhões

A Ambev está muito perto de anunciar um investimento na casa dos R$ 800 milhões para a construção de uma nova fábrica de cervejas na Bahia. O processo de negociação de incentivos com o governo do estado, que se arrastou por alguns meses, foi praticamente concluído na última semana.

Nos próximos dias, representantes da direção e o governador Jaques Wagner devem se sentar para bater o martelo, de acordo com informações não oficiais. A maior dificuldade era que a cervejaria queria uma equiparação tributária às concorrentes Brasil Kirin e Petrópolis antes da construção da unidade. 


Curtir Twittar Promover
publicidade
Pet Stop

julho29

Consumo de gás natural sobe 9,3%

De acordo com levantamento estatístico da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (ABEGÁS), o consumo de gás natural cresceu 9,3% no primeiro semestre, na comparação com o mesmo período do ano anterior, impulsionado pelos recordes registrados em março e abril.

A cogeração a gás e a geração termelétrica tiveram os melhores resultados nos primeiros seis meses, com aumentos de 3,3% e 10,3%, respectivamente.

O setor de cogeração vem ganhando força desde maio, por conta da maior competitividade sobre outros insumos energéticos e da alta do preço da energia elétrica.
Em junho, o consumo residencial foi destaque com aumento de 20,7% em relação ao mês anterior. O segmento comercial subiu 8,1% na avaliação junho/maio de 2014 e 2,7% em relação aos seis primeiros meses de 2013. Após recuperação em maio, o setor automotivo voltou a apresentar redução em junho, com baixa de 4,7%.

Na comparação com os seis primeiros meses do ano passado, a queda foi de 2,8%. As indústrias aumentaram o consumo em 1,9% no comparativo com o primeiro semestre de 2013, mas fecharam o mês de junho com queda de 4,1% em relação ao mês anterior sinalizando uma queda da produção nacional. 


Curtir Twittar Promover
publicidade
Agronorte

julho29

Pesquisa sobre a relação do natalense com a leitura é apresentada em fórum no Rio de Janeiro

A pesquisa inédita que mapeou o perfil do público leitor da cidade de Natal, divulgada, a semana passada, pelo Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE), foi apresentada na segunda-feira (28), no Rio de Janeiro, durante encontro do Fórum Escola de Leitores que reúne o Instituto C&A, as secretarias municipais de Educação de São Paulo, Rio de Janeiro e Natal, além das seguintes instituições formadoras: Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), A Cor da Letra e o IDE.

Durante a sua exposição, a diretora executiva do IDE, professora Cláudia Santa Rosa, explicou que a pesquisa permitiu se conhecer um pouco das práticas de leitura do público leitor da cidade de Natal, identificar as formas e as dificuldades de acesso da população à leitura, conhecer as preferências de leitura da população, investigar a forma de relação da população com as novas tecnologias de acesso, via Internet, identificar o perfil de leitores de outras modalidades de leitura como jornais e revistas, além de ter colhido a opinião dos natalenses sobre ações e iniciativas público-privadas que estimulem a leitura.

O levantamento, a partir de um questionário com 38 questões, ouviu 805 pessoas, a partir dos 14 anos, de 34 bairros de Natal, distribuídos pelas quatro regiões administrativas da cidade e apurou que 61,12% dos entrevistados afirmam não serem leitores. Dos que leem, 64,35% são mulheres. Em termos relativos os espíritas são os que mais leem livros, comparados à outras religiões. Com 38,59%, o maior contingente de leitores de livro está entres aqueles cuja renda familiar é de um a três salários mínimos, mas está faixa de renda concentrou 43,85% dos entrevistados, o que revela a desigualdade social na capital potiguar.

A pesquisa destacou, também, que homens (27,93% ) com idade de 25 a 34 anos são os que mais leem livros em Natal, enquanto as mulheres são as que estão na faixa entre 35 a 49 anos, que correspondem a 26% do gênero. Com 37,94% a Região Norte tem o maior contingente de população leitora de Natal. A média de livros lidos na cidade, por ano, é de 4,10%. Cláudia Santa Rosa chamou a atenção para o dado que revela que menos de 8% dos jovens entre 14 e 19 anos afirmam serem leitores. Ela considerou preocupante e destacou a necessidade de investimentos para que os projetos de leitura das escolas não se voltem apenas para o público infantil.

Os membros do Fórum enalteceram a importância da pesquisa e o que dela poderá decorrer. Cláudia explicou que o relatório subsidiará os trabalhos de elaboração do Plano Municipal do Livro, da Leitura, da Literatura e das Bibliotecas de Natal (PMLLLB) que encontra-se em andamento.

O relatório completo da pesquisa encontra-se disponível no site do Observatório da Educação do RN – www.observatoriodaeducacaodorn.org.br .

Escola de Leitores

O encontro do Fórum teve por objetivo analisar o cenário das políticas de promoção da leitura no país e alinhar as próximas etapas de implementação das ações decorrentes do Concurso Escola de Leitores, realizado nas três capitais. Em Natal, cinco unidades de ensino da rede municipal tiverem projetos de leitura vencedores, nesta terceira edição do Concurso: o Centro Municipal de Educação Infantil Amor de Mãe e as escolas municipais Prof. Carlos Bello Moreno, Ferreira Itajubá, Prof. José de A. Frazão e Monsenhor Honório. O Instituto C&A, por meio do programa Prazer em Ler, premiará cada uma com R$ 15.000,00 (quinze mil reais) para que aplique na execução do projeto de leitura, o IDE fará acompanhamento pedagógico durante um ano e meio e dois representantes de cada vencedora participará de intercâmbio na Colômbia para conhecerem a política de leitura daquele país que é referência mundial, especialmente pela sua rede de bibliotecas parques.

As vencedoras serão certificadas durante cerimônia na abertura do 8º Seminário Potiguar Prazer em Ler, que será realizado nos dias 25 e 26 de agosto, no Hotel Praiamar, em Ponta Negra, na capital potiguar.


Curtir Twittar Promover

julho29

Cinco candidatos disputam o governo do Rio Grande do Norte

Cinco candidatos estão na disputa pelo governo do Rio Grande do Norte. Eles disputam os votos de 2.327.452 eleitores, espalhados nos 167 municípios do estado. Com 3.373.960 habitantes, o estado tem o melhor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e a maior renda per capita da Região Nordeste. A expectativa de vida é 74 anos, maior que a média nacional que é 73,8 anos, segundo dados do governo estadual e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O estado é o maior responsável pela produção de sal do Brasil (95%). O turismo também tem uma grande importância para a economia, com diversos pontos e polos turísticos, como o maior cajueiro do mundo no município de Parnamirim, sítios arqueológicos, belezas naturais e, também, o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno.

A economia também se destaca com a agropecuária, que tem na fruticultura irrigada um importante papel, onde o melão é o principal produto de exportação. O Rio Grande do Norte tem um dos polos agroindustriais mais importantes do Nordeste, com um moderno parque têxtil. A indústria extrativa mineral se destaca na produção de petróleo, gás natural, sal marinho e lâmpadas.

Um dos cinco candidatos ao governo estadual é o atual presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB). Ele conseguiu fazer uma aliança com 17 partidos. Henrique Alves é advogado, tem 65 anos e está em seu décimo primeiro mandato de deputado federal, sendo o parlamentar com o maior número de mandatos consecutivos. Ele tem como candidato a vice-governador o também deputado federal João Maia (PR).

Disputa o governo pelo PSL, o advogado Araken Barbosa de Farias Filho, de 51 anos. Foi coordenador do Procon do estado e já concorreu a vereador. Ele tem como companheiro de chapa o aposentado Paulo Roberto, de 60 anos.

Outro candidato ao Executivo estadual é o professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Robério Paulino, de 57 anos. Ele disputa a eleição pelo PSOL e tem como companheiro de chapa o também professor universitário Ronaldo Garcia. Em 2012, Paulino concorreu a prefeito de Natal.

Representando o PSTU, está a enfermeira Simone Dutra, de 48 anos. Natural de Campina Grande, a companheira de chapa é a professora de ensino médio, Socorro, de 49 anos.

Pelo PSD, e com apoio de oito partidos, quem disputa a chefia do Executivo é o atual vice-governador, o advogado Robinson Faria, de 55 anos. Em 1986, foi eleito deputado estadual. Já foi presidente da Assembleia Legislativa por duas vezes. É pai do deputado federal Fábio Faria. (Agência Brasil)


Curtir Twittar Promover

julho28

Quanto ganham os advogados no Brasil

A demanda por gerentes jurídicos para empresas foi grande no primeiro semestre. A informação parte da consultoria Salomon e Azzi, especialista, em recrutamento de advogados. 

O momento é bom para profissionais jovens. “O mercado vem atravessando um fenômeno de ‘juniorização’, principalmente pela busca de custo-benefício para posições de liderança”, diz o sócio da Salomon e Azzi, Fábio Salomon.

O cargo tem apresentado remunerações atraentes, variando de 10 mil a 27 mil reais, dependendo do porte da empresa, de acordo com pesquisa salarial realizada pela consultoria em sua base de dados.

Nas tabelas a seguir estão os salários médios pagos por escritórios e empresas. Locais com faturamento anual de até 100 milhões de reais são considerados de pequeno porte.

A classificação de médio porte aplica-se aos escritórios e empresas com receita anual entre 100 milhões e 500 milhões de reais e a partir deste valor, a classificação é de grande porte. Veja os salários pagos:

Advogado júnior Salário mínimo (R$) Salário médio (R$) Salário máximo R$) Bônus anual
Empresa de pequeno porte 3.200,00 3.700,00 4.600,00 Até 1 salário
Empresa de médio porte 3.500,00 4.200,00 5.100,00 Até 2 salários
Empresa de grande porte 3.900,00 4.800,00 5.900,00 Até 3 salários
 
Advogado pleno Salário mínimo (R$) Salário médio (R$) Salário máximo (R$) Bônus anual
Empresa de pequeno porte 4.500,00 5.200,00 6.000,00 Até 1 salário
Empresa de médio porte 5.000,00 6.100,00 7.000,00 Até 2 salários
Empresa de grande porte 6.200,00 7.500,00 8.500,00 Até 4 salários
Gerente jurídico Salário mínimo (R$) Salário médio (R$) Salário máximo (R$) Bônus anual
Empresa de pequeno porte 10.000,00 12.300,00 13.500,00 Até 2 salários
Empresa de médio porte 12.500,00 14.700,00 17.100,00 Até 4 salários
Empresa de grande porte 17.000,00 21.500,00 27.000,00 Até 6 salários
Diretor jurídico Salário mínimo (R$) Salário médio (R$) Salário máximo (R$) Bônus anual
Empresa de médio porte 23.500,00 29.600,00 36.000,00 Até 5 salários
Empresa de grande porte 32.000,00 40.700,00 52.800,00 Até 8 salários
Head jurídico Salário mínimo (R$) Salário médio (R$) Salário máximo (R$) Bônus anual
startup 15.000,00 18.900,00 22.400,00 Até 3 salários
VP jurídico Salário mínimo (R$) Salário médio (R$) Salário máximo (R$) Bônus anual
Empresa 41.800,00 52.000,00 64.300,00 Até 12 salários
Escritório contecioso tributário Pequeno porte Médio porte Grande porte
Advogado júnior 3.410 a 4.950 (R$) 3.850a 6.160 (R$) 4.180a 6.050 (R$)
Advogado pleno 4.620 a 6.160 (R$) 6.050 a 7.700 (R$) 6.820 a 9.350 (R$)
Advogado sênior 7.150 a 10.120 (R$) 8.360 a 13.750 (R$) 9.020 a 17.930 (R$)
Escritório imobiliário Pequeno porte Médio porte Grande porte
Advogado júnior 3.520 a 5.170 (R$) 4.180 a 6.050 (R$) 4.180 a 6.270 (R$)
Advogado pleno 4.840 a 6.380 (R$) 6.050a 8.030 (R$) 6.380 a 9.020 (R$)
Advogado sênior 7.040 a 11.000 (R$) 8.800 a 14.300 (R$) 9.460 a 17.380 (R$)
Escritório especializado em mercado de capitais Pequeno porte Médio porte Grande porte
Advogado júnior 3.850 a 5.500 (R$) 4.400 a 6.600 (R$) 4.400 a 6.600 (R$)
Advogado pleno 5.500 a 7.700 (R$) 6.160 a 8.800 (R$) 6.600 a 9.900 (R$)
Advogado sênior 8.580 a 13.200 (R$) 9.900 a 19.800 (R$) 12.980 a 24.530 (R$)
Escritório especializado em regulatório/infraestrutura Pequeno porte Médio porte Grande porte
Advogado júnior 3.850 a 5.500 (R$) 3.850 a 5.720 (R$) 3.850 a 6.050 (R$)
Advogado pleno 6.050 a 8.250 (R$) 6.160 a 9.350 (R$) 7.480 a 11.000 (R$)
Advogado sênior 7.920 a 13.200 (R$) 9.350 a 17.600 (R$) 10.450 a 19.800 (R$)
Escritório Trabalhista Pequeno porte Médio porte Grande porte
Advogado júnior 3.190 a 3.740 (R$) 3.740 a 4.620 (R$) 3.740 a 6.050 (R$)
Advogado pleno 4.180 a 5.500 (R$) 5.720 a 7.700 (R$) 6.930 a 8.580 (R$)
Advogado sênior 7.150a 8.800 (R$) 7.700 a 11.880 (R$) 9.680 a 16.720 (R$)
Escritório contencioso cível especializado Pequeno porte Médio porte Grande porte
Advogado júnior 3.410 a 4.950 (R$) 3.850 a 5.500 (R$) 3.850 a 6.050 (R$)
Advogado pleno 4.620 a 7.480 (R$) 5.720 a 9.350 (R$) 7.920 a 10.450 (R$)
Advogado sênior 7.590 a 10.450 (R$) 8.800 a 13.200 (R$) 10.010 a 17.050 (R$)

Fonte: Exame


Curtir Twittar Promover

julho28

Dez motivos para comer feijão

Já dizia a música Feijão Maravilha, na voz do grupo As Frenéticas: “dez entre dez brasileiros preferem feijão”. Mais do que representar a gastronomia brasileira (feijoada ou o tradicional arroz com feijão de cada dia), o grão oferece dez benefícios para a saúde.

Durante o 11° Congresso Nacional de Pesquisa de Feijão, a pesquisadora Nerinéia Dalfollo Ribeiro, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) ministrou a palestra “Feijão como alimento funcional” e listou os principais benefícios do grão. Mas só ele não faz milagres. “Seu uso pode ser muito eficaz se combinado a uma alimentação balanceada, exercícios físicos regulares e hábitos de vida saudáveis”, diz a pesquisadora.

1- Evita anemia

Isso porque o feijão apresenta uma alta quantidade de ferro.

2- Ajuda a retardar o envelhecimento

Apresenta também uma alta quantidade de antioxidantes.

3- Alta quantidade de óleos benéficos

Óleos são essenciais para o funcionamento do corpo. O feijão apresenta baixo nível de gordura.

4- Aumenta a sensação de saciedade

A grande quantidade de fibras (o feijão preto é um dos mais benéficos) causa essa sensação, que ajuda a ingerir menos alimentos e, logo, é um forte aliado para o emagrecimento.

5- Facilitam a digestão

As fibras colaboram com a digestão e o funcionamento do intestino.

6- Fonte de energia

A alta concentração de carboidratos (alguns tipos chegam a 60%) faz do feijão uma ótima fonte de energia para aguentar o dia a dia.

7- Diminuição do colesterol ruim

Alguns tipos têm muito amido resistente, que ajudam a baixar o mau colesterol que entope as vias coronárias. Outro fator que ajuda no combate desse mal é a alta concentração de ômega 3 (chega a corresponder a 40% do grão em algumas cultivares) e que faz do feijão uma alternativa ao peixe

8- Recuperação muscular para atletas

Sabia que o feijão tem até três vezes mais potássio que a banana? O nutriente ajuda na recuperação e relaxamento muscular, sendo indicado para atletas (ocasionais ou freqüentes).

9- Combate a obesidade

As cultivares branca e rajada têm boa porção de ácidos graxos, que ajudam no controle do peso.

10- Combate o câncer

Com todas suas propriedades nutricionais, ele ajuda a evitar câncer de colo do útero e de próstata.


Curtir Twittar Promover

julho28

Preço do etanol cai em 11 Estados e no DF e sobe em 14

Os preços do etanol hidratado nos postos brasileiros caíram em 11 Estados e no Distrito Federal, subiram em outros 14 e ficaram estáveis no Amapá na semana encerrada no sábado (26). Na semana anterior, o hidratado havia caído em 17 Estados e no Distrito Federal, subido em oito e ficado estável em Roraima.

Os dados são da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e mostram que no período de um mês os preços do etanol caíram em 15 Estados e no Distrito Federal, subiram em outros 10 e ficaram estáveis no Piauí.

Em São Paulo, principal Estado consumidor, a cotação caiu 0,53% na última semana, para R$ 1,876 o litro. No período de um mês, acumula queda de 1%.

Na semana, o maior recuo das cotações foi registrado no Mato Grosso (1,18%), enquanto a maior alta ocorreu em Goiás (5,25%). No mês, o maior avanço foi observado justamente em Goiás (3,46%), enquanto o maior recuo ocorreu na Bahia (2,77%).

No Brasil, o preço mínimo registrado para o etanol foi de R$ 1,589 o litro, no Estado de São Paulo, e o máximo foi de R$ 3,20/litro, no Acre. Na média, o menor preço foi de R$ 1,876 o litro, em São Paulo. O maior preço médio foi verificado no Acre, de R$ 2,955 o litro. 


Curtir Twittar Promover

julho28

Chuva de meteoros pode ser vista no Brasil


Foto: Divulgação / Nasa

A chuva de meteoros Delta Aquarídeas poderá ser vista em todo Brasil, na noite desta segunda-feira para terça-feira.

Para visualizar melhor o fenômeno aconselhável afastar-se das luzes das cidades e procurar um lugar escuro, como um sítio, além de um céu limpo, com poucas ou sem nuvens. A previsão é de que as Delta Aquarídeas exibam cerca de 20 “estrelas cadentes” por hora.

Como o nome indica, ela parece ter origem, o chamado radiante, próximo da estrela delta da constelação de Aquário, batizada Skat.

As chuvas de meteoros são produzidas pela passagem da Terra por trilhas de detritos e poeira deixadas por objetos, em geral cometas, que cruzam a sua órbita em torno do Sol.

No caso das Delta Aquarídeas, os astrônomos ainda não identificaram qual seria este objeto. As principais suspeitas recaem sobre o cometa 96P Machholz. Descoberto em 1986 pelo astrônomo amador americano Donald Machholz.

 


Curtir Twittar Promover
publicidade
DNA Center

julho28

Ronaldinho Gaúcho deixa o Atlético Mineiro

Ronaldinho Gaúcho, 34 anos, não é mais jogador do Atlético-MG. Clube e jogador entraram em um acordo e desfizeram o vínculo que já durava pouco mais de dois anos. O jogador tinha contrato até dezembro, mas a partir de agora já está disponível para escolher uma outra equipe.

O futuro do atleta poderá se transformar em uma nova novela, já que alguns clubes já foram ventilados e possuem interesse em contar com o camisa 10. Boca Juniors, Fluminense e o futebol norte-americano são os destinos mais cotados.

A reunião entre Alexandre Kalil e Assis, prevista para esta terça-feira, aconteceu já na manhã desta segunda, na casa do presidente atleticano. 

O jogador chegou ao Atlético-MG em junho de 2012, e rapidamente mostrou que estava disposto a apagar a má imagem que ficou do Flamengo. Em seus primeiros seis meses no clube mineiro, R10 ajudou o Galo a terminar o Brasileirão no segundo lugar, voltando a disputar uma Copa Libertadores após 13 anos.

Com um início de ano ruim em Minas Gerais, a situação do jogador ficou ainda mais desgastada com a chegada de Levir Culpi, técnico que passou a substituí-lo com frequência, além de criticar o craque publicamente pelo baixo rendimento.

Após a conquista da Recopa, na última quarta-feira, Ronaldinho teve uma série de comportamentos que serviram de indícios da saída, dentre eles a mensagem em tom de despedida no Twitter, agradecendo o clube pela parceria que "deu certo".

Na temporada passada, o craque levantou o troféu do Campeonato Mineiro além da inédita Taça Libertadores. O jogador deixa o clube após a conquista de um terceiro título, a recente Recopa Sul-Americana.

Ao todo, R10 jogou por 88 vezes com a camisa do Atlético-MG, marcando 28 gols. O meia se despede do clube com a façanha de nunca ter perdido com o Galo no estádio Independência. (Lancenet)


Curtir Twittar Promover
publicidade
escola_escritorio

julho28

Os 13 estados mais competitivos do Brasil

Pelo terceiro ano consecutivo, a consultoria britânica Economist Intelligence Unit (EIU) e o Centro de Liderança Pública (CLP) analisaram a competitividade de cada uma das 27 unidades da federação.

Descobriram que São Paulo e Rio de Janeiro continuam firmes na liderança, enquanto Minas Gerais caiu 3 posições e abriu espaço para os estados do Sul.

Foram analisados 26 itens em 8 eixos: ambiente político, ambiente econômico, regime de impostos e regulação, política em relação ao investimento estrangeiro, recursos humanos, infraestrutura, inovação e sustentabilidade.

Um balanço final gerou uma nota de 0 a 100 para cada estado. Veja quais foram os 13 estados que ficaram acima da média brasileira, de 43 pontos.

1. São Paulo

  Em pontos No ranking
Geral 77,2
Desde 2011 caiu 0,9 igual
Ambiente político 68,8
Ambiente econômico 62,5
Impostos e regulação 12,5 15º
Política para inv. estrangeiro 100
Recursos humanos 91,7
Infraestrutura 87,5
Inovação 95
Sustentabilidade 100

2. Rio de Janeiro

  Em pontos No ranking
Geral 72,3
Desde 2011 subiu 0,7 igual
Ambiente político 47,9
Ambiente econômico 56,3
Impostos e regulação 37,5
Política para inv. estrangeiro 100
Recursos humanos 83,3
Infraestrutura 75
Inovação 85
Sustentabilidade 93,8

3. Paraná

  Em pontos No ranking
Geral 63,9
Desde 2011 subiu 6,1 subiu 2 posições
Ambiente político 47,9
Ambiente econômico 75
Impostos e regulação 12,5 15º
Política para inv. estrangeiro 70,8
Recursos humanos 75
Infraestrutura 75
Inovação 55
Sustentabilidade 100

4. Rio Grande do Sul

  Em pontos No ranking
Geral 63,5
Desde 2011 subiu 1,2 igual
Ambiente político 68,8
Ambiente econômico 75
Impostos e regulação 0 24º
Política para inv. estrangeiro 87,5
Recursos humanos 66,7
Infraestrutura 62,5
Inovação 60
Sustentabilidade 87,5

5. Santa Catarina

  Em pontos No ranking
Geral 61,9
Desde 2011 subiu 9,3 subiu 1 posição
Ambiente político 60,4
Ambiente econômico 68,8
Impostos e regulação 0 24º
Política para inv. estrangeiro 83,3
Recursos humanos 66,7
Infraestrutura 62,5
Inovação 60
Sustentabilidade 93,8

6. Minas Gerais

  Em pontos No ranking
Geral 60,2
Desde 2011 caiu 5,7 caiu 3 posições
Ambiente político 54,2
Ambiente econômico 43,8 11º
Impostos e regulação 25
Política para inv. estrangeiro 100
Recursos humanos 75
Infraestrutura 37,5 10º
Inovação 65
Sustentabilidade 81,3

7. Distrito Federal

  Em pontos No ranking
Geral 48,8
Desde 2011 caiu 1,2 igual
Ambiente político 20,8 26º
Ambiente econômico 56,3
Impostos e regulação 12,5 15º
Política para inv. estrangeiro 70,8
Recursos humanos 58,3
Infraestrutura 75
Inovação 40
Sustentabilidade 56,3 19º

8. Mato Grosso do Sul

  Em pontos No ranking
Geral 48,5
Desde 2011 subiu 5,7 subiu 3 posições
Ambiente político 50
Ambiente econômico 68,8
Impostos e regulação 37,5
Política para inv. estrangeiro 58,3 12º
Recursos humanos 33,3 13º
Infraestrutura 50
Inovação 30 12º
Sustentabilidade 60,4 18º

9. Espírito Santo

  Em pontos No ranking
Geral 47,5
Desde 2011 caiu 1 caiu 1 posição
Ambiente político 35,4 15º
Ambiente econômico 37,5 12º
Impostos e regulação 37,5 14º
Política para inv. estrangeiro 58,3 12º
Recursos humanos 50
Infraestrutura 50
Inovação 30 12º
Sustentabilidade 81,3

9. Goiás

  Em pontos No ranking
Geral 47,5
Desde 2011 subiu 4,2 subiu 1 posição
Ambiente político 29,2 20º
Ambiente econômico 50
Impostos e regulação 25
Política para inv. estrangeiro 83,3
Recursos humanos 50
Infraestrutura 37,5 10º
Inovação 30 12º
Sustentabilidade 75 13º

11. Mato Grosso

  Em pontos No ranking
Geral 45,7 11º
Desde 2011 subiu 7,3 subiu 5 posições
Ambiente político 54,2
Ambiente econômico 62,5
Impostos e regulação 12,5 15º
Política para inv. estrangeiro 58,3 12º
Recursos humanos 41,7 11º
Infraestrutura 25 15º
Inovação 30 12º
Sustentabilidade 81,3

12. Amazonas

  Em pontos No ranking
Geral 45 12º
Desde 2011 subiu 3,2 subiu 1 posição
Ambiente político 37,5 14º
Ambiente econômico 37,5 12º
Impostos e regulação 12,5 15º
Política para inv. estrangeiro 83,3
Recursos humanos 41,7 11º
Infraestrutura 25 15º
Inovação 35
Sustentabilidade 87,5

13. Bahia

  Em pontos No ranking
Geral 43 13º
Desde 2011 caiu 0,7 caiu 4 posições
Ambiente político 29,2 20º
Ambiente econômico 50
Impostos e regulação 25
Política para inv. estrangeiro 70,8
Recursos humanos 41,7 10º
Infraestrutura 25 15º
Inovação 40
Sustentabilidade 62,5 17º

Fonte: Exame


Curtir Twittar Promover
publicidade
Pet Stop

julho28

Previsão do tempo para o RN

A previsão da meteorologia é que as chuvas continuem durante toda a semana no litoral leste do Rio Grande do Norte. A tendência é que até sexta-feira a incidência de chuvas diminua, mas até quarta-feira (30) ainda haverá chuvas fortes.

De acordo com o Climatempo, na quinta e sexta-feira ocorram somente chuvas rápidas, com predominância de céu com poucas nuvens. 


Curtir Twittar Promover
publicidade
Agronorte

julho28

Avenida Sílvio Pedroza volta a ser interditada

A avenida Governador Sílvio Pedroza, em Areia Preta, voltou a ser interditada nesta segunda-feira (28) por causa das chuvas que caem em Natal desde a madrugada. O trânsito na avenida estava liberado desde o dia 10 de julho, porém a região estava sendo monitorada pela Defesa Civil e a via poderia ser novamente interditada em caso de risco.

A interdição começa ainda na Via Costeira e agentes de trânsito estão orientando os motoristas a desviarem pela avenida João XXIII, em Mãe Luiza. Apenas moradores da região estão sendo autorizados a seguir na via. 

O secretário de Defesa Civil, Paulo César Ferreira, está no local acompanhando a situação. No momento, desce muita água para a pista, mas não há registro de deslizamentos. A prefeitura colocou mais sacos de areia para reforçar a contenção da descida de areia para a pista. "Por enquanto a situação é estável, porém, estamos em alerta para qualquer ocorrência ou necessidade. Assim que a chuva parar, a via será liberada", afirma Paulo César.

O prefeito Carlos Eduardo também foi até o local para verificar o efeitos das chuvas na cratera aberta.Segundo Paulo César Ferreira, a Defesa Civil está recebendo várias chamadas e priorizando as áreas de risco, como Mãe Luiza e a comunidade do Jacó.


Curtir Twittar Promover

julho28

Jô Soares está internado no Hospital Sírio Libanês

O apresentador Jô Soares está internado no Hospital Sírio Libanês para tratar de uma pneumonia. O artista de 76 anos está desde a noite de sexta-feira (25) no centro médico.

De acordo com a direção do programa, a doença foi detectada ainda no princípio e o tratamento está evoluindo bem, com "ótima recuperação".

Ainda não há previsão de alta, mas a expectativa é que ela ocorra ainda nesta semana. O hospital não divulgou boletim médico.

Por causa da internação, na noite desta segunda-feira (28) o programa apresentará um especial em homenagem ao escritor Ariano Suassuna, que morreu na quarta-feira (23), aos 87 anos, no Recife. Enquanto não houver disponibilidade para novas gravações, a direção fará outras reprises com homenagens a serem definidas.

Jô Soares voltou das férias em 14 de julho.


Curtir Twittar Promover

julho28

Homem atira pedra em vidraça do Palácio do Planalto

Um homem foi contido hoje (28) por seguranças do Palácio do Planalto, depois de atirar uma pedra em uma das vidraças da sede do Executivo. Identificado como Moacir Rocha de Oliveira, ele disse que veio da cidade de Livramento, na Bahia, e queria falar “ assunto particular” com a presidente Dilma Rousseff.

“Ele é um viajante. Com frequência, aparecem pessoas que esse tipo de problema aqui. Nosso pessoal já está acostumado com isso. Não teve ameaça nenhuma. É uma pessoa que está com problema psicológico e jogou uma pedra na vidraça. Teve dano ao patrimônio, mas a gente quer preservar a integridade física e de saúde dele”, disse Alexandro Costa de Lima, chefe da Segurança do Palácio do Planalto.

Moacir chegou a ser encaminhado para a 5ª Delegacia de Polícia, na Asa Norte, mas como se trata de uma ocorrência em área de segurança nacional, teve que ser levado para a Superintendência da Polícia Federal. 

No momento do incidente, a presidente não estava no Palácio do Planalto. 


Curtir Twittar Promover

julho28

Banda larga fixa está presente em 35,53% dos domicílios do país

A internet de banda larga fixa está presente em 35,5% dos domicílios brasileiros. Em junho, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) contabilizou 23,22 milhões de assinantes do serviço.

A região com maior número de assinantes é a Sudeste (14 milhões), o que corresponde a 49,49% dos domicílios da região. Em São Paulo, onde 60,3% dos lares têm internet, há 8,85 milhões de assinantes. Na Região Sul, há 4 milhões de acessos ao serviço, o que coloca a internet de banda larga fixa em 40,24% dos lares.

Na Região Norte, há 676.417 acessos ao serviço, presente em 14,15% dos lares. No Nordeste, são 2,68 milhões de assinaturas – o correspondente a 15,75% dos lares. Já na Região Centro-Oeste, o total de assinantes chega a 1,8 milhão (35,68% das residências).

A unidade federativa que tem menor percentual de residências com esse tipo de internet é o Maranhão, onde o serviço atende a apenas 8,63% dos lares, o correspondente a 164.012 assinaturas. Em penúltimo lugar está o Amapá, onde a banda fixa se faz presente em 9,37% das residências, o que corresponde a 18.489 assinaturas. 


Curtir Twittar Promover

julho28

Petrobras é multada em R$ 5,6 milhões pela ANP

A Petrobras recebeu multa de R$ 5,55 milhões da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) por irregularidades na inspeção dos sistemas de medição da produção da plataforma Cidade de Angra dos Reis, que opera desde 2010, no Campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos.

Segundo ata de reunião de diretoria da agência deste mês, a Petrobras recorreu da multa, mas o recurso foi negado pela autarquia. As irregularidades, de acordo com a ANP, aconteceram nos três primeiros dias de outubro de 2013.

A Cidade de Angra dos Reis – com capacidade operacional de 100 mil barris por dia (bpd) – têm apresentado bons resultados. Em 1º de julho, a Petrobras informou que ela operava com produção média de 24 mil bpd em cada um dos quatro poços atualmente interligados, acima do esperado inicialmente. 


Curtir Twittar Promover