Natal(RN), Segunda-Feira, 31 de Agosto de 2015

    agosto31

    É gripe ou resfriado? Você sabe identificar?

    Começa com uma tosse, um espirro e vem o desconforto para respirar. Mas é gripe ou só resfriado? Os sintomas são de fato bem parecidos. A diferença, explicam os especialistas, está na intensidade.

    A gripe é causada pelo vírus influenza, já o resfriado pelo rinovírus, na maioria dos casos, ou pelo coronavírus, pelo parainfluenza e pelo adenovírus.

    "Quando é resfriado, há coriza (nariz escorrendo) com pouca secreção nasal. Mas isso não te impede de trabalhar, por exemplo. Já a gripe provoca dor no corpo, mal-estar, geralmente febre alta... É um mal-estar mais intenso", explica a pneumologista Andrea Sette.

    O resfriado atinge mais as vias aéreas superiores, enquanto a gripe envolve todo o organismo: o paciente sente que o corpo inteiro está doente.

    "Não é raro apostarmos que o paciente tem gripe e, ao fazermos o teste, descobrirmos que é um resfriado", explica o virologista Celso Granato, professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). (UOL)

    publicidade
    DNA Center

    agosto31

    Natal terá iluminação especial para as campanhas "Setembro Dourado" e "Setembro Cidadão"

    Com o objetivo de despertar a sociedade para a importância do diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil e também promover o estímulo a boas práticas de educação e cidadania, a Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), vai realizar durante todo o mês de setembro uma iluminação especial pela cidade. Prédios públicos e monumentos como o Palácio Felipe Camarão, Ponte Newton Navarro, viaduto estaiado do Complexo Dom Eugênio de Araújo Sales e Pórtico dos Reis Magos, serão iluminados nas cores verde e amarelo, dando ênfase e uma maior visibilidade às campanhas “Setembro Dourado” e “Setembro Cidadão”.

    Como parte da ação também serão colocados laços nas cores verde, amarelo e dourado nas principais avenidas da cidade: Prudente de Morais com Bernardo Vieira. Alexandrino de Alencar com Salgado Filho; João Medeiros Filho (Rotatória do Nordestão do Igapó); Praça Pedro Velho (Cívica); Engenheiro Roberto Freire com Via Costeira (Rotatória) e Engenheiro Roberto Freire, na altura do Shopping Cidade Jardim.

    “As campanhas Setembro Dourado e Setembro Cidadão tem a finalidade de conscientizar a sociedade para temas importantes como prevenção do câncer e educação cidadã. A Prefeitura não poderia ficar de fora desta iniciativa, pois um dos maiores objetivos dessa gestão é estimular a população a cuidar da sua saúde e do lugar onde ela vive”, ressaltou Antônio Fernandes, titular da Semsur. 

    publicidade
    escola_escritorio

    agosto31

    Salário mínimo será de R$ 865,50 em 2016

    Os ministros da Fazenda, Joaquim Levy, e do Planejamento, Nelson Barbosa, entregaram hoje (31), ao presidente do Congresso Nacional e do Senado Federal, Renan Calheiros (PDMB-AL), e para o relator, deputado Ricardo Barros (PP-PR) a peça do Orçamento Geral da União para 2016.

    O texto prevê décifit primário para o próximo ano de R$ 30,5 bilhões, o que corresponde a 0,5% do Produto Interno Bruto do país. Além do déficit, a peça orçamentária também traz o valor do salário mínimo para o próximo ano.

    A partir de janeiro, o valor do mínimo será de R$ 865,50. O texto será detalhado em coletiva no Palácio do Planalto logo mais.

    Segundo o relator da proposta da Comissão de Orçamento, o deputado Ricardo Barros (PP-PR), caberá ao Congresso, juntamente com o governo, encontrar uma saída para a questão orçamentária, já que essa é a primeira vez que o Executivo encaminha uma proposta de Orçamento ao Congresso Nacional com déficit de receita em relação às despesas.

    Apesar do déficit, o relator agradeceu ao governo por ter enviado uma peça “realista” e disse que o Congresso irá trabalhar para reverter o quadro, aprovando um Orçamento que não seja deficitário.

    “Temos que aumentar a receita e cortar as despesas, são as únicas soluções”, afirmou Barros.

    “Manter o Orçamento com o déficit não é bom para o Brasil, não é bom sinal para os mercados, pode acabar onerando mais a iniciativa privada e a economia do país do que um eventual aumento de receita, um eventual aumento na carga tributária. É uma ampla discussão que vamos enfrentar com transparência e com a participação de todos”, disse.

    Agora, a Lei Orçamentária Anual (LOA) seguirá para a Comissão Mista de Orçamento para iniciar a tramitação.

    A expectativa é que a lei seja aprovada até o dia 22 de dezembro, antes de o Congresso entrar em recesso.

    Se a LOA não for votada até o fim deste ano, o governo começará o próximo ano podendo gastar o equivalente a um doze avos do OGU de 2015 por mês para custear suas despesas, até que o Congresso aprove o novo Orçamento. 

    publicidade
    Pet Stop

    agosto31

    Governo vai subir imposto sobre smartphones e bebidas

    O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa, disse hoje (31), no Palácio do Planalto, que o governo quer “investir” em um diálogo com o Congresso Nacional para aumentar a arrecadação em 2016.

    O Projeto de Lei do Orçamento Anual (PLOA) apresentado pelo governo prevê déficit de 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e riquezas produzidos pelo país).

    “O déficit primário pode ser eliminado, resolvido de diversas formas, mas envolvem medidas legais, como projetos de lei e emendas constitucionais. O governo quer investir nesse diálogo [com o Congresso]”, disse Barbosa.

    Semana passada, o governo chegou a cogitar criar um tributo nos moldes da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), mas a iniciativa não foi à frente

    De acordo com Nelson Barbosa, a previsão de orçamento apresentada é “realista” e é necessário trabalhar para estabilizar os gastos.

    “Em paralelo ao orçamento realista, também há agenda de construir reforma de longo prazo da política fiscal, controlando o crescimento dos gastos com previdência, folha de pagamento, saúde e educação. É possível controlar o crescimento desses gastos e ainda atender às demandas da população brasileira.”

    Entre as novas medidas tributárias para aumentar a arrecadação, o governo revisará o PIS/Cofins de computadores, tablets e smartphones e também vai rever a tributação de bebidas quentes (destilados, vinhos e outros) e o imposto de renda sobre direito de imagem.

    Além disso, o governo vai rever a o Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguros (IOF) nas operações de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A arrecadação esperada com essas medidas é de R$ 11,2 bilhões.

    A revisão do PIS/Cofins precisa ser implantar por medida provisória e depende de aprovação do Congresso Nacional.

    O governo também espera arrecadar R$ 37,3 bilhões com a venda de imóveis, ampliação das concessões, venda de participação acionária em órgãos da administração direta e indireta, além de leilão em folha de pagamento.

    Antes de ir ao Planalto, Barbosa, acompanhado do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, esteve no Congresso Nacional. Lá, eles entregaram o PLOA ao senador Renan Calheiros.

    Levy e Barbosa fizeram a entrega na data-limite, dois dias após a presidenta Dilma Rousseff desistir de criar um tributo similar à CPMF. 

    publicidade
    Agronorte

    agosto31

    Assembleia Legislativa assina convênio e oferece mestrado aos servidores

    Ter mestrado é o sonho de muitos profissionais em todo o país e será uma realidade para os servidores da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. O sonho vai se tornar realidade através de convênio assinado nesta segunda-feira (31) pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza e a reitora Ângela Paiva, da UFRN. O convênio vai permitir que a Casa, através do Instituto do Legislativo Potiguar (ILP), passe a oferecer aos seus servidores o Mestrado Profissional em Gestão Pública. A qualificação contínua dos servidores é uma das prioridades da atual gestão e com o convênio, a Casa Legislativa será a primeira no País a oferecer a pós-graduação stricto sensu.

    “A nossa gestão na Assembleia é focada em planejamento e na valorização dos servidores, garantindo novos investimentos em qualificação, como o aumento nos cursos oferecidos pelo ILP e agora o tão sonhado mestrado. É uma honra saber que um servidor terá acesso gratuito a um mestrado de gestão pública aqui na Assembleia”, afirma Ezequiel. O presidente da Assembleia mencionou que a concretização do mestrado foi possível graças ao trabalho que vem sendo realizado desde o início da atual gestão para a implantação do Planejamento Estratégico em todos os setores. Citou outras ações de valorização do servidor, como o Plano de Cargos e Salários e a atualização do pagamento da gratificação aos que estão concluindo a especialização.

    A reitora da UFRN, Ângela Paiva, afirmou que se sente gratificada pela UFRN poder colaborar com a qualificação de pessoas e neste caso específico, de servidores públicos. “O Mestrado em Gestão Pública começou com uma oferta por demanda específica e se tornou permanente. A UFRN prima e faz questão de estar sempre atendendo à necessidade de uma gestão pública de qualidade e esta qualidade não passa somente pelos gestores, mas também pelos agentes públicos”, afirmou.

    Também participaram da solenidade de assinatura do convênio o vice-coordenador do mestrado, José Daniel Diniz de Melo, secretário geral da ALRN, Carlos Augusto Viveiros, a secretária administrativa, Dulcinéia Brandão; o diretor-geral do ILP, Augusto Jorge de Macedo e o diretor administrativo do ILP, Carlos Russo.

    A primeira turma de mestrandos inicia suas aulas em março de 2016. Inicialmente, estão disponibilizadas 16 vagas, distribuídas em três turmas, para os anos de 2016, 2017 e 2018. O processo seletivo, sob responsabilidade da UFRN, começará em outubro e a divulgação da lista dos aprovados está prevista para o dia 31 de janeiro de 2016.

    O mestrado profissional tem como finalidade a qualificação de quadros para a administração pública, provocando reflexões sobre o novo papel do estado em um contexto globalizado com atuação em rede, com novas formas organizacionais com múltiplos provedores e com uma sociedade mais organizada e mais escolarizada.  

    agosto31

    Dólar fecha o mês com alta de 5,91%

    Após bater R$ 3,68 durante o dia, o dólar comercial reduziu os ganhos e fechou esta segunda-feira (31) em alta de 1,17%, a R$ 3,627 na venda. É o maior valor de fechamento desde 27 de fevereiro de 2003, quando a moeda norte-americana bateu a marca de R$ 3,662.

    Com isso, a moeda norte-americana encerra agosto com avanço de 5,91%, o segundo mês seguido de valorização. Em julho, a alta tinha sido de 10,16%. 

    agosto31

    Vendas sobem 4,97% no setor de supermercados

    As vendas do setor de supermercados subiram 4,97% em valores reais em julho na comparação com junho e caíram 1,32% na comparação com julho do ano passado. No acumulado do ano, houve queda de 0,20%, de acordo com o Índice Nacional de Vendas da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), divulgado hoje (31), na capital paulista.

    A cesta de 35 produtos de largo uso analisada pela Abras registrou elevação de 0,82%, com o preço passando de R$ 411,03 em junho para R$ 414,40 em julho. Os itens que apresentaram maiores elevações nos preços foram queijo muçarela (5,22%), massa sêmola espaguete (4,84%) e farinha de mandioca (4,72%). No sentido contrário, aparecem tomate (-4,62%), arroz (-2,45%) e margarina cremosa (-2,07%).

    Apresentaram elevação no valor da cesta as regiões Nordeste, com mais 1,53% e valor de R$ 357,91; Sudeste, mais 1,30% e custo de R$ 398,01; Centro-Oeste, com aumento de 0,80% e valor de R$ 393,23; e Sul, com alta de 0,79% e preço de R$ 452,23. Na Região Norte, houve queda de 0,15% e o preço ficou em R$ 462,63. 

    agosto31

    Assembleia Legislativa empossa novo Procurador Geral

    A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte empossou o novo procurador geral da Casa, o advogado e servidor do Poder Legislativo Washington Alves de Fontes. O termo de posse foi assinado na manhã desta segunda-feira (31).

    Washington Alves de Fontes é advogado, casado, tem 54 anos e é mestre pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e pela Universidade do País Vasco, na Espanha. Na Assembleia Legislativa exerceu funções de consultor de Orçamento e Fiscalização Financeira, Assessor Técnico Legislativo, Auxiliar de Plenário e Assistente Parlamentar.  

    agosto31

    Redução na bandeira vermelha nas contas de luz começa a valer em setembro

    A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) manteve a cor vermelha para a bandeira tarifária de setembro. Os valores extras a serem cobrados a partir de 1º de setembro foram publicados no Diário Oficial da União de hoje (31). No caso da bandeira vermelha, o acréscimo na conta de luz será R$ 4,50 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos - valor abaixo dos R$ 5,50 cobrados anteriormente.

    Os novos valores foram definidos no dia 28 de agosto pela Aneel. Eles representam uma redução de 18% no valor da bandeira – o que corresponde a uma queda de 2 pontos percentuais no custo final da conta de luz. A diminuição nos valores cobrados foi em decorrência da redução no custo de produção de energia, a partir do desligamento de 21 termelétricas.

    O valor adicional indicado pelas bandeiras verde, amarela e vermelha é um mecanismo adotado nas contas de luz para informar ao consumidor se ele está pagando mais caro pela energia. A bandeira verde indica condições favoráveis de geração de energia, situação que não resulta em acréscimos na tarifa. A bandeira amarela indica condições de geração menos favoráveis. Nesse caso, a tarifa sofreria acréscimo de R$ 2,50 para cada 100 kWh consumidos. 


publicidade